segunda-feira, 29 de maio de 2017

Abandonei o blogue?

Não abandonei, ausentei-me por algum tempo. Não que tenha deixado de vos ler (isso já faz parte da minha rotina) mas para além de nas últimas semanas estar tipo lontra colada a uma grande preguiça não sei muito bem sobre o que escrever. A inspiração tem-me falhado e comentar os últimos episódios da vida real também não me tem entusiasmado. Contudo, hoje estou de volta à carga e nos próximos dias podem contar com novos post, coisas sem sentido e alguns bitaites. Vou tentar contrariar a lontra que há em mim.

quarta-feira, 19 de abril de 2017

This is us

Definitivamente não é uma série para toda a gente, mas sem sombra de dúvida que é uma série para mim! Amo as histórias, as personagens e o facto de ser tão realista. Mostra-nos a família tal como é, ou como normalmente é, com muitos dramas e problemas à mistura mas com muito amor e apoio incondicional. Não há famílias perfeitas, mas há a nossa e isso é o suficiente para enfrentar tudo!

terça-feira, 18 de abril de 2017

Alguém que me diga...

Por favor, que há um trabalho perfeito para cada um de nós e que todos, mais cedo ou mais tarde, acabámos por fazer aquilo que realmente gostámos...

terça-feira, 11 de abril de 2017

Estou a precisar de...

Férias!! Eu e mais mil pessoas, eu sei. Não tem sido fácil "aturar" o stress todo do trabalho e a minha preguiça. Pelo menos está bom tempo, mas com este tempo tudo o que apetece é ir para a praia, ou dormir, ou não fazer nada, ou beber umas minis, ou...só não apetece trabalhar. Ah também não apetece ir para o ginásio. Chego sempre lá a bocejar e saio sempre de lá a 7 pés. Estou um bocado farta daquilo ou então é a minha preguiça que está no auge. Na realidade não me apetece fazer nada. Eu disse que precisava de férias não disse?

sábado, 1 de abril de 2017

Ás vezes perco-me...

e quando dou por ela estou a lembrar-me de coisas que se passaram há quinhentos mil anos (na realidade são só 9 anos mas pronto). Vai que a minha memória me decidiu lembrar daquele belo tempo em que fiz Erasmus. Como era uma "cagona" (ainda sou um bocado) decidi aventurar-me por um país pertinho daqui, Espanha. Mais concretamente Madrid. E diz que foi tão infeliz quanto feliz naquela cidade. Mentira, foi muito mais feliz, mas aqueles primeiro dias foram horríveis, terríveis, nem sei como não me lembrei de me vir embora, devia estar em choque sei lá. Entre não arranjar casa, ter sido "posta" de lado por umas russas e ter-me enganado quinhentas vezes nas salas de aula, foi tudo uma complicação. O arranjar casa foi o pior. Até porque depois de quase uma semana tive que deixar o hostel (porque burra só reservei até aquele dia) e acabei na estação de Atocha de mala e computador sem saber muito bem para onde ir. As minhas pernas levaram-me para o Burguer King e fiquei por lá até me lembrar de gastar 40 euros por uma noite num hotel em condições. Depois a coisa lá se compôs, arranjei casa, conheci o meus magníficos italianos e a partir daí foi uma festa. Que saudades que eu tenho dos meus italianos. De ouvir o Paolo acordar-me de manhã com a chávena de café lavazza, de ter a Federica às 5h da manhã a fazer-nos a bela da pasta e de dançar reggae até de manhã com o Vito...Ah caraças que saudades daqueles tempos. Sinto falta do Rastro aos domingos, de ir comer a Lavapiés, das batatas bravas, de ir dançar até de manhã no "Barco"....Bons momentos caraças! Ás vezes apetece-me voltar lá, mas passa-me logo. Acho que não me sinto preparada para ver a mudança daquela cidade, para ir e não ter lá as minhas pessoas. Ia ser estranho.

quarta-feira, 29 de março de 2017

segunda-feira, 20 de março de 2017

A romântica que há em mim!

"I don't know who's gonna kiss you when I'm gone
So I'm gonna love you now, like it's all I have
I know it'll kill me when it's over
I don't wanna think about it
I want you to love me now"

Sou só eu que adoro esta música? 

terça-feira, 14 de março de 2017

Sabia que este dia havia de chegar...

Só não sabia bem quando. quer dizer pelo que os outros dizem deveria ter investido nisto quando fiz 25 anos, mas como me custa imenso gastar muito dinheiro (não sou forreta, mas custa-me gastar, ok talvez seja um pouco forreta) adiei este dia. Talvez, também, por achar que ainda não precisava, que não era assim tão necessário, enfim...Este fim de semana lá me decidi e comprei o meu primeiro anti rugas. A minha primeira opção era da gama Caudalie. Sempre ouvi falar bem desta marca e estava a pensar seriamente em comprar, mas acabei por optar pela Avène, o anti rugas estava com 30% e isso pesa sempre muito na minha decisão. Posto isto, acho que é oficial que já não vou para nova.

sexta-feira, 10 de março de 2017

A entrar nos eixos...

Estas últimas semanas foram de muita desorganização, muito trabalho, mudança de hábitos...enfim, foram semanas de muitas mudanças e de alguma instabilidade. Neste momento, as coisas estão a rolar, a andar para frente e a resultar. Ainda tenho muito trabalho, o mês de Março é sem dúvida o "grande" mês. É grande porque realmente o é. Para além dos meus anos é sempre o mês em que tenho mais trabalho, ando sempre em contra-relógio para terminar as coisas a tempo. Para além disso, é o mês em que tenho sempre mais despesas. As contas duplicam neste mês. Este ano não foi excepção! As coisas ficaram ainda mais descontroladas com esta mudança. Felizmente hoje as coisas já estão mais calmas e começo a voltar à minha rotina. A vida começa a compor-se e a ficar mais calma. Sabe bem quando assim é!

sexta-feira, 3 de março de 2017

São 29 senhores!

Hoje chego aos 29, os últimos dos 20. Isto parece um cliché mas a verdade é que não me sinto com 29, sei lá, não vejo grandes diferenças entre a miúda dos 21 e a miúda dos 29 (a não ser que estou mais velha e já não consigo comer um pacote de bolachas de chocolate de uma vez, tenho que fazer uma pausa no meio). Adiante, dizia eu que não noto grandes diferenças, existem sim mudanças mas aquela pessoa que eu era naquela altura continuo a ser. Continuo uma lamechas do pior, continuo a chorar sempre que vejo o Diário da nossa paixão, continuo a associar músicas a pessoas, continuo a ser demasiado responsável, continuo a não viver sem chocolate...enfim, como podem ver nada mudou. Mentira! Eu não mudei assim tanto, mas a minha vida mudou muito. Nos meus 20 estava no meu segundo ano de faculdade, amava a Covilhã e tinha todos os sonhos do mundo. Namorava com o J. que achava eu que seria o homem da minha vida. Não foi, no ano seguinte cada um seguiu a sua vida e se a memória não me falha nunca mais nos vimos. Passei a fase da euforia (quem nunca), saía muito, dançava, cantava, divertia-me como se não houvesse amanhã. Também bebia muito! Martini era a minha bebida (isto ainda não mudou). Agora as saída e as festanças é só quando o rei faz anos, ou melhor, quando os amigos fazem anos. O jantar deixou de ser a receita e os bifinhos de cogumelos e passou a ser bacalhau com broa e um bom vinho. Ainda aguentámos até às 5h da manhã mas com muito custo.
Nos meus 20, era raro o sábado em que acordava antes do 12h. Agora às 9h já estou a fazer panquecas e a beber café. De seguida armo-me em dona de casa e faço aquele círculo vicioso "lavar roupa, limpar casa, passar a ferro, preparar marmitas..." Toda uma sequência maravilhosa.  E muito mais haveria a dizer sobre os meus 20, mas como o trabalho já chama por mim, digo apenas que na realidade a C. dos 20 era uma miúda muito feliz e a C. dos 29 continua ainda mais feliz e isso é o mais importante. Parabéns a mim. que os últimos 20 sejam em grande e que não deixe de aproveitar nada!

Nota: Acabei de receber uma mensagem a dizer para "continuar com a energia boa que tenho dentro
de mim..." por isso acho que estou no bom caminho!

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Diário de um fim de semana...

Tudo começou com umas torradas e um café. Depois passei para aquelas massas com carne com bastante molho. Ás três da tarde estava satisfeita, mas ainda havia ali um espacinho para não um, não dois, mas três after eight. Ao final do dia tivemos mais uma sessão de : " Eu e tu no supermercado". Um em desespero para sair dali e o outro a tomar decisões entre um pacote de bolachas de chocolate e uma embalagem de donetes. Escusado será dizer que o "outro" (neste caso outra) era eu. No meio da indecisão trouxe os dois, não queria que me faltasse nada. Passámos às arrumações em casa, aquelas 2h seguintes pareciam intermináveis. Acabamos os 2 no sofá a ver filmes e a comer pizza. Fechámos o dia assim. No dia seguinte veio-nos à ideia "Hoje é dia de pequeno almoço na cama" e então achámos que tínhamos direito a tudo...o tudo inclui pão com manteiga, bolachas, donetes, iogurtes, café e já não me lembro do resto. Ficámos tipo lontra até à hora do almoço e foi preciso uma grua para nos levantar. No almoço a ideia era comer uma saladinha, mas não aconteceu. Comemos um bitoque com a promessa que à noite seria uma sopa. Também não aconteceu, comemos bacalhau à brás. O prato estava mesmo à nossa frente não dava para resistir. Ainda sobrou um bocadinho,..conseguem imaginar a minha marmita de hoje certo?

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Estes primeiros meses...

São sempre os mais complicados. Por norma, recarrego sempre baterias para me aguentar até ao final de Março, mas este ano...este ano estes primeiros meses estão terríveis. Trabalho e mais trabalho, chego a perder-me no meio das tarefas, das decisões a tomar. O horário que já era longo agora é ainda mais longo. Por outro lado, a minha vida pessoal vai dar mais uma volta de 360º, vem aí mais uma mudança e até Março tem que estar tudo resolvido. Não sei se fiz a escolha certa e as dúvidas e o receio que isto dê errado têm me dado voltas ao estômago. Tento sempre seguir a máxima: "mais vale arrepender-me do que fiz" mas...e há sempre um mas, não sei se desta vez estou a escolher o caminho mais acertado.
Aos fins de semana não paro, mais um trabalho extra, mais uma coisa a resolver, mais uma coisa aqui e ali...E ainda há tanto por fazer...

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Oh Scandal...


Olivia Pope está de volta! Numa altura em que Donald Trump domina os EUA, chega mais uma temporada da Scandal, cheia de histórias da casa branca, estratégias e tudo o que se pode fazer para conseguir o tão valioso poder da sala oval. Depois de 5 temporadas pensei que perderia o interesse, mas...Olivia Pope chega ainda melhor. Esta temporada promete!

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Percebi agora...

Que daqui a um mês faço 29 anos. 29 senhores! Alguém me consegue explicar este fenómeno? Ainda ontem tinha 20...

Que bom...

Adormeci às 23h e acordei às 00h. Meti-me a ver pela milésima vez a Julia & Julie. Aquilo deu-me fome e não sono, má escolha. Às 3h30 ainda andava com a cabeça no ar. Hoje o panda que habita em mim decidiu dar o ar de sua graça. Pensei que era o dia em que ficava em casa a pôr o sono em dia, mas a minha consciência lembrou-me que "estou atolada de trabalho"e por isso lá me arrastei...Esta miúda responsável que há em mim às vezes enerva-me.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Corrida aos Óscares...

Ando a tentar ver os filmes que estão nomeados, já vi o Fences e ontem vi o La La Land. Confesso que esperava mais, até porque já foi catalogado, por muitos, como um dos filmes mais românticos. Não achei! É engraçado, é giro e tem o seu quê de romântico, mas está longe de ser um dos "mais".Vale pela aparição do nosso Ryan Gosling e por ser um musical. O próximo da lista: Manchester by the sea. 

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Nos últimos tempos...

despediram-se 4 pessoas na minha empresa e mais 7 foram despedidas. Ando no meio da confusão, a tentar organizar-me, a tentar planear bem o meu trabalho e a não falhar. Não está a ser fácil. Nada fácil. Ando a tentar encontrar um rumo, apanhar novamente o fio condutor, traçar novos objetivos...Imagino quantos não estarão no meu lugar, quantos não acordam a meio da noite a pensar em tudo o que falta fazer, quantos não dormem a pensar nos prazos...Não sendo um dos problemas mais graves (e tendo bem a noção que há trabalhos bem mais complicados) é um problema que te mói, que te consume, principalmente quando depois de mais de 10h de trabalho não consegues chegar a casa e desligar. Gostava de vos dar umas dicas milagrosas para desligar, para não sofrer tanto com o stress, mas ainda não descobri como se faz. Por enquanto, tento respirar fundo quando as coisas apertam, tento sair mais cedo quando ouço coisas azedas e tento manter-me calma. Ao fim de semana faço tudo o que gosto, vou jantar fora, vou sair, vou às compras, vou-me divertir, vejo séries e mais séries, como muito e tento ser o mais feliz possível. Depois disso, coloco a minha armadura e volto para o campo de batalha.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Fences...

É fácil adivinhar o quão bom é o filme. Basta olhar para o cartaz e ver que a Viola Davis e o Denzel W. são os principais da história. Tudo o que conta com estes grandes é muitissimo bom!

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Associar músicas...

a pessoas. Faço isso sempre. Inconscientemente é certo, mas faço. Há sempre aquelas músicas que me lembram daquelas pessoas, algumas com quem já nem falo há anos. Ás vezes é esquisito.

Coisas com sentido


quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Finanças...

Nunca me interessei pelo tema, nem nunca gostei de nada que metesse números(por algum motivo andei sempre colada às humanidades), mas conforme fui crescendo e tive que ir gerindo a "minha" economia ganhei curiosidade por finanças, economias, contas...Estou longe de ser pró na matéria mas já vou tendo umas luzes sobre estas coisas. Neste momento, ando em volta de onde, quando e como investir as minhas poupanças. faz-me alguma confusão ter o dinheiro no banco parado quando o posso ter lá a render. Por isso ando dedicada a ver taxas, riscos e quais as melhores opções. Sigo bastante o blogue da "Dicas da Bá" onde foi colocado à pouco tempo um artigo sobre este tema. Deixo aqui o link caso vos interesse também: http://asdicasdaba.blogs.sapo.pt/saiba-onde-investir-o-seu-dinheiro-282049

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Aquele momento...

Em que compras mais um móvel no IKEA, acabas por montá-lo ao contrário e tens que refazer tudo outra vez. O chamado drama de domingo à noite.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Eu e as minhas séries...

Volta e meia (como vocês sabem) gosto de vos falar das minhas séries, aquelas que devoro em poucos dias e que fazem parte de alguns dos meus serões. Nas últimas semanas fiquei sem séries, a Scandal estava de férias, How to get away with a murder também e todas as outras decidiram fugir e deixar-me nas minhas férias de Natal desamparada. Foi então que no meio da procura "esbarrei" na série The Crown. E bem senhores, devorei aquilo como se fossem chocolates ferrero. A série é excelente, a história da rainha Elizabeth II, o seu crescimento, os enredos, as decisões do Churchill é impossível não nos rendermos. Confesso que nunca me interessei particularmente pela história da coroa e política inglesa, mas tenho ficado surpreendida e apaixonada por tudo o que a coroa envolve. Se estão numa fase de "lontra de sofá e papa séries" não percam esta, é realmente excelente!

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Coisas com sentido


Viver o segundo!

Tive uma passagem difícil, estranha e totalmente inesperada. Existirem muitas lágrimas, mágoas, abraços e a aceitação de uma realidade "existe um problema". Não pedi desejos à meia noite, não fiz planos e não tracei objectivos. Não pensei em nada. Já não estou a viver os dias um de cada vez, estou a viver os segundos, ou a aprender a vivê-los. Apesar de terem sido dias atribulados sei que tudo vai correr bem, tudo vai fluir como tiver que ser. Não tenho planos, não quero ter, um segundo de cada vez!