quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Euromilhões? Eu não jogo...

Não jogo no Euromilhões. Porquê? Porque neste momento o dinheiro que tenho dá para o gasto, que é como quem diz dá para pagar as contas. Se gostava de ter mais dinheiro? Gostava, dava-me imenso jeito até. Então porque não jogo? Porque sei que se tivesse mais dinheiro desapareceria o problema de falta dele mas pela lógica surgiria outro problema. Ora sendo assim, eu prefiro manter o problema "esticar o dinheiro" e evitar outro tipo de problemas. Faz sentido?

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Dúvidas, Dúvidas, Dúvidas

Já vos aconteceu querer tudo e depois não querer nada? Querer viajar, estudar, crescer, mudar de trabalho e depois num ápice não querer nada a não ser que me deixem sossegatida no meu canto...É, tenho andado assim, uns dias a sonhar demasiado alto outros dias meio preguiçosa. Não está a ser fácil lidar com a minha dupla personalidade. Eu sei, eu sei, pensavam que eu vinha falar das resoluções para 2018, ou dos Globos de Ouro, ou dos saldos...Resoluções é como vos digo, ainda ando meio naquela desbunda do vai não vai. Globos de Ouro só vi um breve resumo pelo que não dá para comentar. Saldos??? Estou no processo de preparação e estratégia de onde vou gastar o meu dinheiro. Pelo andar da carruagem quando me decidir já acabaram os saldos...

Nota: Eu sei, eu sei, estavam à espera de mais alguma coisa não era? Mas eu ando sem grandes novidades, não sei que vos diga...

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Com assim já acabou 2017?

Pensavam que estava de férias? Não, estou na corrida para a melhor funcionária do mês (só que não). Tenho andado a adiar escrever sobre o balanço de 2017, ando em negação, o ano passou demasiado rápido e ainda não percebo como já vamos para 2018.Enfim...O que dizer de 2017? Olhando para Dezembro de 2016 posso dizer que consegui atingir alguns dos meus objectivos, outros ficaram pelo caminho e ainda outros passam para 2018 (nada como tentar várias vezes).
2017 foi um ano que começou com muita agitação, muitas dúvidas, muitas incertezas mas depois as coisas foram acalmando. Em Março entrei nos meus 29 (o último dos 20) e foi a primeira vez que reuni a família na minha casa. Em Maio entrámos de férias e decidimos passar uns dias no Douro, foi giro e foi bom para recuperar energias. Um dos objectivos para 2017 (tal como aconteceu em 2016) era fazer uma viagem e conseguimos cumprir. Fomos até Marraquexe  e conseguimos viver a cidade ao máximo, descansar, divertir, ser felizes.
Em 2017 continuei a treinar,a querer sentir-me bem e a esforçar-me para não me baldar aos treinos.
Este foi também o ano em que a minha família passou por uma mudança gigante e foi muito difícil deixar coisas, momentos, e vivências lá atrás. Aos poucos as coisas vão ficando mais serenas e curiosamente não ficámos com muitas saudades do que deixámos.
Sim, não foi um ano mau, foi um ano bom. Tive momentos maus, momentos tristes, mas também tive momentos muitos bons, muito felizes. Dizem que a isso se chama viver. Por isso, posso dizer que sim, foi um ano em que vivi muito.

domingo, 24 de dezembro de 2017

Para vocês...

Bom Natal pessoas! Que tenham um Natal quentinho, cheio de coisas boas e se possível sem lamechices :).